Sua loja e seu negócio durante a quarentena e no pós pandemia

Sua loja e seu negócio durante a quarentena e no pós pandemia
21 de julho de 2020 Comentários desativados em Sua loja e seu negócio durante a quarentena e no pós pandemia Decoração, Destaque totalville

Você que possui uma loja física ou qualquer comércio que lida diretamente com o público, sabia que o Design de Interiores e uma das especialidades dele, o  Visual Merchandising,  podem lhe ajudar muito neste momento durante a quarentena, enquanto não tivermos uma vacina e necessitarmos manter distância e nos proteger contra o contágio e depois da vacina também?

Sua loja e seu negócio durante a quarentena e no pós pandemia

O Visual Merchandising envolve todo um estudo para ambientar o espaço de venda de forma a, mesmo do lado de fora da loja, já encantar as pessoas, fazê-las se sentir confortáveis e motivadas a entrar, se interessar pelos produtos, aumentar o interesse na compra e, logo, as suas vendas.

Ele também permite reforçar a identidade da marca e deve estar em sintonia com “a cara” que a loja quer ter no mercado. Busca além de venda, a fidelização do cliente.

Sua loja e seu negócio durante a quarentena e no pós pandemiaA ambientação envolve todo o espaço de venda e lida com diversas técnicas que vão além de somente o aspecto visual da loja.

Veja o que o Visual Merchandising pode fazer por seu negócio e também algumas dicas para este momento e depois:

Elaboração profissional da sua vitrine Mesmo com a loja fechada, você pode angariar clientes com uma vitrine que chame atenção do seu público e aponte, principalmente agora, formas de atendimento, como o site da loja, telefones de contato etc. Isso é crucial para que você mantenha o contato com quem se interessar pelos produtos da vitrine.

Adequação da entrada / saída da loja – É importante que esta área seja de fácil acesso – inclusive para os que tem dificuldades de locomoção -, clara e desimpedida (para que o interior da loja seja visto e incite o cliente a entrar),  e agora, sempre dentro das normas vigentes no seu município para o atendimento: Muitos não irão querer entrar em um ambiente em que não se sintam seguros!

vitrine

Esse momento exige toda a preocupação com a saúde do público em geral e dos seus funcionários – quem vai atender bem se sentindo inseguro?

O ponto crucial é a adaptação às normas no seu município em relação ao seu negócio, o treinamento e proteção (com luvas e/ou máscaras – com troca de 2 em 2 horas – e produtos de higienização) de seus colaboradores. Portanto, antes de tudo, saiba quais são as normas e acompanhe qualquer alteração que aconteça. É importante estar atento e ser ágil para se adaptar.

Adequação do fluxo das pessoas dentro da loja – Manter um número pequeno de clientes, que possam se locomover respeitando a distância mínima segura é essencial.

Um bom estudo do fluxo das pessoas é uma das atividades que o (a) especialista em Visual Merchandising oferece, organizando a melhor forma de exposição de produtos, os “caminhos” dentro da loja, posicionamento de caixas etc.

lojista com flores

Com ou sem pandemia, evitar aglomerações permite um melhor controle e evita possíveis irritações dos clientes.

Algumas medidas possíveis: Sinalização de distâncias seguras, controle de acesso na entrada (com distribuição de álcool gel e máscaras), marcar hora para atendimento se o negócio permitir.

 Rever a forma de exposição e manipulação dos produtos dentro da loja – Para uma boa exposição é essencial uma boa iluminação e pensar  em evitar que as pessoas tenham que se aglomerar para manuseá-las.

Uma ideia é limitar a quantidade de objetos que possam ser manuseados e manter higienizadores para as mãos próximos deles, perto de avisos lembrando a necessidade de higienização antes e depois de tocá-los. Se for possível, permitir que somente consultores manuseiem os produtos.

pessoas juntando as mãos - equipe

Outra ideia é a distribuição de luvas, meias, aplicadores, cardápios, tudo descartável, para facilitar a manipulação e higienização dos produtos.

Estudo e adequação das áreas de especial atenção

Considere a ventilação: ar condicionado precisa de manutenção e limpeza constantes, quando e onde for permitido seu uso. O ideal nesse momento é ter ventilação natural, mantendo portas, saídas de ar e janelas abertas.

Higienização no ambiente como um todo (especialmente pisos e bancadas) também é uma medida que será bem vista pelos clientes e mais segura para todos.

Nos caixas, evite ao máximo o contato com dinheiro, um grande transmissor de diversas doenças. Uma medida é a instalação de divisórias de acrílico ou poliestireno entre caixas e clientes.

Eventualmente uma reorganizada no espaço, talvez até diminuindo o número de caixas para aumentar o espaço livre.

mulher carregando bolsas

Provadores, em muitas lojas, são pequenos e mal ventilados. Por isso, em diversas cidades, não está sendo permitido o uso. Seria interessante rever a disposição, tamanho e ventilação deles para um uso seguro quando as coisas voltarem ao novo normal.

Depósitos e estoque também devem passar por modificações que melhorem a ventilação, organização e criem espaço para “quarentena” de peças para troca.

Os sanitários devem ser especialmente cuidados. É imprescindível mantê-los limpos, ventilados, higienizados com grande frequência e sempre abastecidos com material de higiene.

Apesar de serem um mimo agradável para os clientes, deixar de servir cafezinho e, principalmente, doces e salgadinhos seja uma atitude inteligente nesse momento.

Drive-thru e delivery – Onde for possível, use sua criatividade, a ajuda de um Visual Merchandising e acrescente esses serviços.

mulher usando celular em loja

Rever sua presença digital – Estar na internet hoje é uma questão de sobrevivência da sua empresa. Tenha ou reforce bastante a sua presença nas redes sociais:

  • Se tiver um site, este deve estar atualizado, adequado a LGPDP (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), ser intuitivo, ter um “Fale Conosco” funcionando e com atendimento rápido e eficiente.
  • Estar ativo nas Redes Sociais postando fotos e vídeos atuais das vitrines mesmo que a loja esteja fechada. Você pode e deve atualizar as vitrines e postá-las. Deixe claros preços, formas de pagamento e entrega. Interaja com o público. Responda perguntas rapidamente. Preste atenção nas mensagens por Direct (elas podem estar ocultas para você, reveja as configurações). Seja gentil e cativante.Transforme seu cliente em fã. Use videoconferência, Skype, whatsapp… Se aproxime do cliente caso ele deseje isso.
  • Treine sua Equipe. Com a equipe treinada todos ganham. Use videoconferência. Faça vídeos.

mulher sorrindo

  • Seja ágil em aplicar orientações, ideias e no atendimento. Ensine como usar e como comprar o produto

Muita coisa vai mudar e está mudando. Não fique parado(a) no tempo! Aproveite este momento para se reinventar.

E busque um profissional para lhe ajudar. Não vai ser tão caro como você pensa e vai lhe permitir ganhar tempo e ter soluções eficazes de uma forma muito mais eficiente!

Texto: Simples DecoraçãoMarcia Nassrallah -> @vm_marcia_consultoria – Designer de Ambientes, especialista e docente de Visual Merchandising

Fonte: simplesdecoracao / atelierevestimentos
Author: Rosana Silva

About The Author
%d blogueiros gostam disto: